quarta-feira, 9 de abril de 2014

Oração

(Raquel Pereira)
 
 
   Hoje é o primeiro de muitos outros dias que ainda virão, nada é o fim, tudo pode ser recomeço, basta ouvir a voz de Deus.
   Muitas vezes é no silêncio de uma porta fechada longe de todo movimento, que as palavras aparecem, que o querer é revelado. 
   Então basta ouvir. (Raquel Pereira)

domingo, 30 de março de 2014

Somos complementos e complementados o tempo todo, não existe vida sozinho. As nossas motivações são frágeis demais quando vivemos só por nós, é bom viver pelo outro, saber que alguém pensa em você, que fica feliz em te receber, ao mesmo tempo é bom saber que você está feliz com as pessoas que te cercam. (Raquel Pereira)

quinta-feira, 20 de março de 2014

Estação da sabedoria

                                                                   (Raquel Pereira)
 
Gosto do calor do verão que me permite um sorvete no final da tarde.
Gosto do inverno de ficar enrolada nas cobertas, lendo um livro e tomando uma xícara de chá.
Gosto dos pássaros, borboletas e o cheiro das flores na primavera.
Agora o outono... é a estação que mais gosto, tão leve,  me remete a transformação, as árvores trocam suas folhas e ficam mais imponentes, as frutas recebem um toque todo especial, o calor fica mais suportável, o frio não é tão severo, é o meio termo, as vezes é bom ficar no meio termo, não tomar decisões precipitadas, recolher-se e pensar.
 No fim é a estação da sabedoria.

quarta-feira, 19 de março de 2014

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Dias


                                                         (Raquel Pereira)

Nem todos os dias são poesia.
Até acho que alguns dias são tentativas de poesia, mas ficam no meio do caminho,
são estrofes quebradas, palavras difíceis de rimar, nunca chegarão a poesia completa.
Já outros são tão harmônicos que cada verso é um prazer, tudo se encaixa, as palavras correm, ideias brincam em nossos pensamentos, a composição se completa.